REDES SOCIAIS       
Lucas Di Grassi

Em evento no exterior, Di Grassi agradece Capacete de Ouro Brasil 2018

Lucas foi palestrante no Web Summit, um dos principais fóruns de tecnologia do mundo

 

Protagonista de uma grande temporada em 2018, Lucas Di Grassi teve seu trabalho reconhecido na 22ª edição do Capacete de Ouro, mais tradicional premiação do esporte a motor nacional. Lucas foi o mais votado pela imprensa como o melhor piloto na categoria Fórmula E, coroando uma campanha que viu o brasileiro ser vice-campeão após uma dramática recuperação. Di Grassi foi tirado da pista por um insistente problema técnico nas quatro primeiras etapas e se viu entre os últimos colocados quase na metade da temporada, algo que foi uma enorme desvantagem em um campeonato tão competitivo.

Sanado o problema, o campeão da temporada 2017 ressurgiu com força total, fez a melhor campanha da segunda metade do campeonato, cravou o incrível recorde de sete pódios consecutivos e conquistou o vice-campeonato, colocando-se definitivamente como o nome mais importante da história do Mundial. Di Grassi soma agora um título de campeão (2017), um vice (2018) e dois terceiros lugares (2015 e 2016).

Lucas, no entanto, não pode estar presente ao evento realizado em São Paulo no início de novembro. Depois de participar da coletiva oficial da Audi no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo na véspera da premiação, Lucas embarcou para a Espanha, onde no dia seguinte realizou testes com o modelo Devbot – bólido do campeonato Roborace, torneio que estreia em 2019 para colocar lado a lado na pista pilotos humanos e carros dotados de inteligência artificial. No mesmo dia, enquanto estava em um avião para Lisboa, foi apontado pela imprensa nacional como o vencedor do Capacete de Ouro. Em Portugal, Lucas palestrou no Web Summit, um dos maiores eventos de tecnologia da atualidade, com presença de mais de 2.400 profissionais de imprensa e 70 mil especialistas do setor oriundos dos principais centros tecnológicos do mundo. Neste encontro, Di Grassi detalhou o estágio atual dos carros da Roborace e explicou como a tecnologia irá impactar tanto o esporte quanto o dia a dia dos motoristas comuns dentro de poucos anos.

“Esse tem sido um ano incrível. E o reconhecimento da imprensa especializada brasileira não apenas me deixa mais feliz mas também mais forte para a próxima temporada”, resumiu Lucas. “Agradeço a todos que votaram em mim no Capacete de Ouro. E também aos fãs que torceram e votaram em mim no FanBoost da Fórmula E e no FanPush da Stock Car. É muito especial vencer corridas como eu e as equipes Audi Sport Abt Scheffler e a Hero Motorsport fizemos na Fórmula E e na Stock Car neste ano. Mas é uma sensação única saber que as pessoas te reconhecem e te apoiam. Muito obrigado a todos. Felicidade, gratidão e emoção são as palavras que resumem esta temporada para mim”, completou Lucas que também faz a melhor temporada de estreia na Stock Car entre os pilotos em atividade, com três vitorias.

Este é o quinto Capacete de Ouro conquistado por Lucas Di Grassi na votação dos jornalistas especializados. Nas categorias que disputou na premiação, sempre de acordo com a evolução de sua carreira, o campeão mundial de Fórmula E também ficou com a honraria em 2007, 2008, 2016 e 2017. Lucas foi ainda Capacete de Prata em 2015 e de Bronze, em 2010. No ano passado, a organização homenageou Di Grassi, apontado como o melhor piloto brasileiro no exterior na última década, com o Capacete Especial Senna e o Capacete Especial Sid Mosca.

A agenda de Di Grassi em novembro seguiu bastante agitada. Entre outros compromissos fora da pista, além da apresentação em Lisboa, Di Grassi também fez palestras no Simpósio de Veículos Elétricos da Society of Automotive Engineers (SAE) em São Paulo, no evento New Mobility (São do Automóvel) e no Fórum Direções, da revista 4Rodas. O piloto ainda palestrará na convenção da Associação Brasileira dos Distribuidores de Energia Elétrica (Fortaleza) e no Berlin Tech Crunch, outro evento líder mundial no segmento de tecnologia, que será realizado no final do mês, na Alemanha.