REDES SOCIAIS       
Lucas Di Grassi

Di Grassi termina em 8º em corrida cheia de incidentes

Brasileiro volta a pontuar na Arábia Saudita

Lucas Di Grassi terminou na oitava posição a segunda etapa do Campeonato Mundial de Fórmula E, prova que encerrou neste sábado a rodada dupla realizada na Arábia Saudita. Depois de largar da 15ª posição, Lucas enfrentou problemas de rendimento em seu modelo, mas ainda assim completou a prova na 8ª posição. A etapa foi marcada por uma série de punições e especialmente pelo sério acidente com o Mahindra do britânico Alex Lynn, que capotou e seguiu se arrastando de ponta-cabeça por um longo trecho de asfalto, encerrando a corrida na 26ª das 29 voltas previstas. Segundo informações da organização, apesar da imagem chocante, Lynn foi levado a um hospital e passa bem.
“Primeiramente, fiquei aliviado com este informe preliminar de que o Alex está bem. Isso é o mais importante”, diz Di Grassi. “Sobre a rodada dupla, este não foi o final de semana ideal em termos de resultado, com o 9º e o 8º lugares que obtivemos nesta sexta e sábado. Mas mesmo assim o carro mostrou que tem potencial se trabalharmos nele. E nós vamos partir pra cima na próxima corrida. Estas duas provas foram apenas o começo e ainda há muita coisa para acontecer no campeonato. Estou feliz por voltar a competir e bastante ansioso para ver nosso trabalho dando resultados neste ano”, finalizou Lucas, campeão da Fórmula E em 2017.
A vitória na etapa deste sábado foi do britânico Sam Bird (Jaguar), com o primeiro lugar na sexta-feira sendo garantido pelo holandês Nyck De Vries (Mercedes), que lidera a classificação com 32 pontos, contra 25 de Bird. Di Grassi tem seis pontos na 14ª posição. A próxima etapa do Mundial de Fórmula E está agendada para o dia 10 de abril, em Roma, Itália.